Atos incentiva o trabalho remoto com novas ferramentas sociais

Previous press release

Atos incentiva o trabalho remoto com novas ferramentas sociais

Telefones fixos foram abolidos da unidade de Londrina (PR) e novas ferramentas foram implantadas para que os colaboradores possam se conectar e interagir de qualquer lugar

São Paulo, 12 de março de 2015 - Um novo programa de gestão implantado pela Atos, líder internacional em serviços digitais, em sua unidade de Londrina (PR)  possibilitou a remoção dos telefones fixos dos mais de 400 funcionários da empresa. A iniciativa faz parte do Global Voice Project, programa que visa melhorias tecnológicas para os profissionais da empresa e tem como objetivo aumentar a produtividade dos colaboradores e facilitar o trabalho remoto, incentivando o trabalho em casa ou em qualquer lugar. Além disso, novas ferramentas sociais aplicadas para a comunicação e interação entre colaboradores.

 

A Atos utiliza sua própria rede social, o blueKiwi, que permite discussões em grupo e a rápida troca de arquivos e documentos. Outra ferramenta é um software de mensagem instantânea conectado à internet capaz de transmitir mensagens escritas, por voz ou por vídeo, facilitando o trabalho para toda a equipe, tanto no escritório como fora dele.

 

“Estamos testemunhando uma mudança na forma como as pessoas se comunicam, muito em função do impacto das mídias sociais e a comunicação móvel. Como impulsionadores de novas tecnologias, reconhecemos este comportamento contemporâneo e, em razão, disso fazemos uso das nossas redes sociais internas, a fim de aumentar o engajamento e a produtividade dos profissionais”, afirma Alexandre Gouvêa, presidente da Atos para a América Latina.

 

Com os avanços tecnológicos ampliando as fronteiras e permitindo cada vez mais o trabalho remoto, a Atos, por meio do programa de qualidade de vida – o wellbeing@work, está reavaliando os modelos de infraestrutura corporativa, adotando modelos mais modernos vislumbrando em um futuro próximo a prática de escritórios virtuais.

 

Com as ferramentas utilizadas pela empresa, o colaborador tem uma maior facilidade para trabalhar remotamente, pois o seu ramal o acompanha onde estiver, sendo possível atender e fazer ligações como se estivesse no escritório. Além da praticidade, todas as ligações para as localidades da Atos não geram nenhum custo para empresa, proporcionando a otimização dos recursos financeiros.

 

"Essas novas ferramentas permitem que os nossos colaboradores trabalhem produtivamente de casa, com formas simples e flexíveis de se comunicar com colegas de trabalho e clientes de forma segura. Tudo isso cria um ambiente de trabalho mais equilibrado, no qual o colaborador pode conciliar melhor o tempo para sua vida pessoal e profissional, proporcionando uma qualidade de vida melhor”, afirma Francisco Fay, vice-presidente de Recursos Humanos e Comunicação da Atos para a América Latina.

 

Sobre Atos Wellbeing@work

A Atos visa atrair os melhores talentos, combinando as expectativas de seus profissionais e da “geração Y”, encorajando o desenvolvimento pessoal e antecipando novas tendências do mercado de trabalho por meio da inovação tecnológica. Para cumprir esse objetivo, a Atos lançou há dois anos a iniciativa Wellbeing@Work que surgiu inicialmente como parte do programa Great Place to Work. Englobando aspectos de um ambiente de trabalho do futuro, a Atos está explorando soluções inovadoras, como o BYOD (Bring Your On Device) que permite aos colaboradores trabalharem com seus próprios dispositivos caso achem mais produtivo e confortável. Além de introduzir ferramentas de mídias sociais internas, como o blueKiwi, que fomenta grupos de discussões, rápidas interações e compartilhamento de arquivos e documentos.

O website da Atos utiliza cookies. Ao continuar a navegar neste website, concorda com a utilização de cookies para medir e compreender a forma como as
nossas páginas são vistas e melhorar a forma como o nosso site funciona. Se não concordar, poderá optar por desativar os cookies no seu navegador, tal como
referido na nossa Política de Privacidade
Aceitar cookies Mais Informação