Atos garante segurança de informações em grandes eventos esportivos

Previous press release

Atos garante segurança de informações em grandes eventos esportivos

Entre os dias 07 e 23 de fevereiro, o mundo pode acompanhar milhares de atletas de todas as partes do globo terrestre competindo para ver quem seria o melhor em cada categoria dos esportes na neve. Os Jogos Olímpicos de Sochi foram responsáveis por movimentar aproximadamente 15 Terabytes de dados diariamente. Isso seria o equivalente a todos os espectadores da arena de patinação em velocidade twettando uma vez por minuto durante 27 anos.

 

A Atos, responsável por toda a parte tecnológica e de segurança de dados do evento, conseguiu fazer com que mesmo em grandes quantidades, os dados pudessem ser processados e entregues a 8 milhões de dispositivos em todo o mundo, com uma velocidade ultra rapída. Pode-se fazer a seguinte comparação: os dados levam menos tempo para chegar a seus destinos do que o patinador campeão leva para erguer os braços em comemoração a sua vitória.

 

Em menos de meio segundo, os mesmos dados são enviados pelos sistemas centrais para o website oficial e as agências de notícia. Isso sem contar o Sistema de Informação dos Comentadores e o Info+ (a intranet dos Jogos), que são acessados de modo remoto. Ou seja, os resultados fazem uma longa viagem da remota Sochi  até a baixa Sidney, na Austrália, a 1,7 milhões de km/h — uma velocidade 40 mil vezes maior que a dos melhores patinadores do mundo.

 

De acordo com Dan Conick, Gestor de Operações e responsável pelo Planejamento de Locais Sochi, “o grande desafio consiste en transmitir as informações com um atraso inferior a meio segundo. Em Sochi, processamos 10% a mais de dados do que em Vancouver 2010 então os sistemas tiveram que ser mais ágeis e robustos”, informa o especialista com a satisfação de ter cumprido o objetivo.

 

Segurança

 

Outra grande questão em eventos desse porte é a segurança da informação, uma especialidade da Atos. Para proteger a reputação dos Jogos, são necessários sistemas que sejam capazes de suportar 15 milhões de eventos diários de segurança de TI, mais de 10 mil por minuto, enquanto continua fornecendo reações ao mesmo tempo.

 

Durante os Jogos Olímpicos de Londres 2012, cerca de 255 milhões de alertas de segurança de TI foram coletadas, com 100 situações reais solucionadas. O resultado foi impacto zero em todos os aspectos das Olimpíadas de Inverno.

 

Essa é uma das principais preparações da Atos para 2016, quando operará os sistemas de TI nas Olímpiadas que acontecem no Rio de Janeiro.

 

Eficácia

 

Uma das campanhas internas feitas no período de dos Jogos Olímpicos de Sochi 2014 é a Zero Email™, que consiste em fazer toda a comunicação em uma rede social específica. A Bluekiwi foi responsável por poupar três horas de cada profissional, que passaram a se comunicar diretamente pelas mensagens instantâneas da rede social.

 

“Tal como a revolução Industrial produzia fumo, a revolução tecnológica produz dados. Toneladas de dados que entopem as nossas caixas de correio e invadem nosso espaço pessoal”. Esta é a analogia do presidente e CEO da Atos, Thierry Breton, grande apostados da campanha.

 

“Para os Jogos, temos equipes em diferentes locais: Barcelona, Sochi e Rio, com Pyeongchang e Tóquio a serem incluídos brevemente. Estas equipes precisam se comunicar continuamente, partilhando informação e conhecimento. No passado, isto significava muitos emails trocados, mas atualmente utilizamos ferramentas de cooperação e colaboração, como o BlueKiwi, que é uma forma muito mais eficaz de se comunicar”, explica Yan Noblot, COO para os Grandes Eventos.

 

Associado a isto, existem ferramentas de gerenciamento de documentos e de conferência que permitem que todos os públicos interessados possam se comunicar de forma mais eficaz, partilhando e acessando a informação de forma mais fluente do que por email. “Como exemplo, isto proporcionará uma grande melhoria quando for necessário transferir o conhecimento de um Jogo para o outro”, acrescenta Noblot.

 

O sucesso do BlueKiwi e o modelo de comunicação social entre os colaboradores da Atos aponta o caminho a seguir para todas as comunicações de negócios. A capacidade de partilhar conhecimento com segurança, mas de forma flexível entre pessoas autorizadas - onde quer que elas estejam e sempre que quiser - sem acrescentar desnecessariamente uma sobrecarga de dados, é a chave para o negócio moderno em todo o mundo.

 

Sobre a Atos

 

A Atos é uma empresa global de serviços de tecnologia da informação com faturamento anual em 2012 de 8.8 Bilhões de Euros e 77.000 colaboradores em 47 países.  Com uma base global de clientes, a empresa oferece serviços de TI nas áreas: Consultoria & Serviços de Tecnologia, Integração de Sistemas, Serviços Gerenciados, BPO e por meio da subsidiária Worldline, atua com  serviços transacionais. A companhia possui ampla expertise em tecnologia e conhecimento profundo da indústria, atendendo empresas dos seguintes mercados: Manufatura, Varejo, Serviços, Setor Público, Saúde, Transportes, Serviços Financeiros, Telecomunicações, Mídia, Tecnologia e Utilities. A Atos é especializada em tecnologia aplicada aos negócios, oferecendo soluções que impu lsionam o crescimento e ajudam organizações na criação da empresa do futuro. É a Empresa Parceira Global de Tecnologia para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos há mais de 20 anos e tem suas ações listadas na NYSE Euronext (Bolsa de valores de Paris). A empresa opera sob as marcas Atos, Atos Consulting & Technology Services, Worldline and Atos Worldgrid. Para mais informações, visite: br.atos.net

 


RELAÇÕES COM A MÍDIA - ATOS
CDI COMUNICAÇÃO CORPORATIVA 
Mariana Lemos- mariana.lemos@cdicom.com.br - (11) 3817-7984           
Bruna Bernordi - bruna@cdicom.com.br - (11) 3817-7924
Diva Gonçalves - diva@cdicom.com.br - (11) 3817-7935

O website da Atos utiliza cookies. Ao continuar a navegar neste website, concorda com a utilização de cookies para medir e compreender a forma como as
nossas páginas são vistas e melhorar a forma como o nosso site funciona. Se não concordar, poderá optar por desativar os cookies no seu navegador, tal como
referido na nossa Política de Privacidade
Aceitar cookies Mais Informação